OPERAÇÃO MORALIZAÇÃO REALIZA MAIS UMA AÇÃO PDF Imprimir E-mail

Além da Getúlio Vargas, também houve blitz foi na região do Kartódromo

 

A equipe da Atividade Delegada da Polícia Militar, Guarda Municipal e o Departamento de Fiscalização da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano realizaram na noite desta sexta-feira (04), mais uma operação para evitar possíveis crimes na região da avenida Getúlio Vargas e coibir o barulho excessivo de escapamentos de motos que circulam pela cidade. Uma blitz também foi realizada na região do Kartódromo.

 

Os policiais militares, sob o comando do Capitão Renato Gonzalez, abordaram carros e motocicletas. Foram verificados a documentação dos veículos e dos condutores, além da checagem do barulho dos escapamentos. Os guardas municipais também checaram exigências previstas no Código Nacional de Trânsito.

 

Utilizando o decibelímetro, o Departamento de Fiscalização fez medições sonoras dos escapamentos de motos. O Chefe de Fiscalização, André Zambon, informou que foram realizas quinze medições em escapamentos de motos e em nenhuma delas foi constatada a emissão de ruídos acima do limite estabelecido pela legislação em vigência.

 

O Diretor do Departamento de Fiscalização, Rodolfo Tiberio Penela, informou que a lei de poluição sonora está sendo aplicada não tão somente em estabelecimentos comerciais, mas também na fiscalização de barulho de escapamentos de motos. O vereador Robertinho Mori (PSDB) tem apoiado a Secretaria de Segurança e Defesa Social e a Fiscalização no intuito de proporcionar treinamento e fornecimentos de novos equipamentos para que a legislação de poluição sonora seja amplamente aplicada na cidade.

 

O secretário de Segurança Pública, Samir Gardini, informou que a operação é necessária para coibir a alteração e modificação dos escapamentos originais, bem como manter a ordem e segurança pública aos moradores da região da avenida Getúlio Vargas. Uma boate foi interditada por falta de alvará de funcionamento.

 

GGI-M- As operações fazem parte do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M), instrumento municipal para apoiar e aplicar as ações do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (PRONASCI). Com reuniões mensais, o GGI é uma ferramenta de gestão, que garante a viabilidade operacional, reunindo o conjunto de instituições que incide sobre a política de segurança no município, promovendo ações conjuntas e sistêmicas de prevenção e enfrentamento da violência e da criminalidade e aumentando a percepção de segurança por parte da população e a valorização dos servidores públicos que atuam na área de segurança em todas as esferas.

 

O resultado da operação foi o seguinte:

38 pessoas abordadas

25 motos vistoriadas

15 medições de ruídos em motos

03 carros vistoriados

05 autuações (multas) administrativas

01 veículo apreendido e recolhido por irregularidades administrativas

01 Boate interditada

 

(07/10/2019)

 

 
 

Menu Notícias