INSCRIÇÕES PARA AS CASAS DO VIDA NOVA SÃO CARLOS DEVEM SER FEITAS DIRETAMENTE COM A CONSTRUTORA PDF Imprimir E-mail

O atendimento ao público será realizado na Praça do Mercado Municipal

 

Em parceria com a Caixa Econômica Federal, a Construtora Pacaembu, lançou nesta terça-feira (13/8), um empreendimento imobiliário com 500 moradias, faixa 2 do Minha Casa, Minha Vida, denominado “Vida Nova São Carlos”.

 

O atendimento ao público para as inscrições começam nesta quarta-feira (14/8), na Praça do Mercado Municipal. O atendimento acontecerá diariamente, das 9h às 18h, inclusive sábados, domingos e feriados, até o dia 2 de setembro.

 

As casas serão construídas em um bairro planejado na zona sul, no prolongamento da avenida Regit Arab (avenida que dá acesso ao bairro Cidade Aracy), próximo a Rodovia Luís Augusto de Oliveira (SP-215). As moradias serão financiadas pela Caixa Econômica Federal em até 360 meses.

 

As casas serão construídas com 2 dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço coberta, com laje e piso cerâmico em todos os ambientes. Os imóveis serão construídos independentes uns dos outros em terrenos de 160 metros quadrados, o que possibilita espaço para ampliações.

 

Para adquirir uma das moradias, as famílias devem ter renda familiar composta para financiar a casa de R$ 1.800,00. As parcelas do financiamento serão a partir de R$ 509,00.

 

“A Caixa Econômica Federal oferece subsídio de até R$ 20.035,00, financiamento em até 360 meses e a possibilidade de utilizar o FGTS para dar a entrada do imóvel. Os interessados devem fazer a inscrição, toda a documentação será repassada para nós e após análise, não tendo nenhuma pendência em 30, 40 dias a carta de crédito já é liberada”, explica Roberto Ferraz de Souza, gerente da Caixa.

 

De acordo com o diretor comercial da Pacaembu, Fred Escobar, a construtora é especialista na construção de bairros planejados com casas térreas. “O Vida Nova São Carlos será entregue aos moradores com toda a infraestrutura, assim como fizemos no Vida Nova Ribeirão, com 6.991 casas, maior bairro planejado de casas do Brasil. Aqui em São Carlos vamos investir R$ 70 milhões”, conta Escobar.

 

Para o secretário João Muller além de dar oportunidade para que as pessoas consigam a tão sonhada casa própria, o investimento vai gerar empregos. “Somente para a construção dessas 500 moradias devem ser gerados 700 empregos, sendo 300 diretos e 500 indiretos, movimentando a economia e o setor da construção civil. Esperamos que mais empresários dessa área escolham São Carlos para investir”.

 

(12/09/2019)

 

 
 

Menu Notícias