» NOVO TELECENTRO FOI INAUGURADO NA ESTAÇÃO CULTURA PDF Imprimir E-mail



O prefeito Newton Lima inaugurou na manhã desta segunda, dia 12, o Telecentro de Informação e Negócios da Estação Cultura (antiga Estação Ferroviária), fruto da parceria entre a Fundação Educacional São Carlos (FESC) e a Fundação Pró-Memória, permitindo a expansão da rede de Telecentros que o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) vem disponibilizando às prefeituras, entidades, associações e organizações não governamentais, entre outras entidades públicas e privadas.

Para o prefeito, as palavras-chave desta inauguração são “criação de oportunidades” e “capacitação e educação”. Ele ressaltou que “ao lado da sua importância para a educação, o telecentro também funciona como um posto de inclusão digital, mas o objetivo central do Ministério é buscar dar oportunidade a que os instrumentos da informática e da internet sejam disponibilizados para os micro e pequenos empresários, que às vezes têm dificuldade de desenvolver seus funcionários no uso dessas ferramentas que hoje são indispensáveis no mundo dos negócios”.

O telecentro da Estação Cultura – o 3º concedido pelo MDIC a São Carlos – recebeu a doação de dez computadores usados da Caixa Econômica Federal e sua operação será coordenada pela FESC, responsável pelo Programa de Inclusão Digital do Município. A diretora da FESC, Elisabeth Martucci, lembrou que o primeiro telecentro foi implantado na FESC em 2004, com apoio do Sebrae, e o segundo foi instalado no Distrito de Água Vermelha em abril deste ano, com apoio da Telefônica. Um quarto telecentro será instalado brevemente no Tiro de Guerra.

Os telecentros fazem parte do Programa de Inclusão Digital são-carlense, que conta com mais doze postos: oito nas Escolas do Futuro, um no bairro Cidade Aracy, um no Distrito de Santa Eudóxia, um na Biblioteca Municipal Amadeu Amaral e outro no campus 2 da FESC, na Vila Prado. A diretora presidente da Fundação Pró-Memória, Ana Lúcia Cerávolo, reafirmou que a coordenação dos cursos cabe à FESC, mas adiantou que a Pró-Memória vai buscar o apoio de pequenas e micro-empresas localizadas nas proximidades. “O que possibilitará também ampliar a freqüência ao local, através de diversas ações que atraiam um público constante, que poderá se interessar por outros projetos aqui desenvolvidos”, disse.

A programação dos cursos e atividades do Telecentro de Informações e Negócios da Estação Cultura está sendo finalizada nas próximas duas semanas, incluindo os horários disponíveis para acesso à internet. Os interessados poderão procurar a unidade a partir do dia 2 de janeiro, após o recesso de final de ano, período no qual será feita a dedetização do prédio da Estação Cultura.

(12/12/05)